O HU-UEPG dispõe de residências médicas, uniprofissionais e multiprofissionais. Para ver os detalhes, clique na lista abaixo na residência desejada

  • Residências Médicas

    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
    • Nenhuma informação disponível
  • Residências Uniprofissionais

    • O Programa de Residência Uniprofissional em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do HU/UEPG caracteriza-se pela formação de pós-graduação, em nível de especialização lato sensu, na modalidade de treinamento em serviço, com duração de 3 (três) anos, objetivando a formação do Cirurgião-Dentista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial em todos os aspectos que compõe a especialidade, tanto do ponto de vista técnico como ético e científico, em um caráter de interdisciplinaridade, ponto de partida para a atuação profissional em ambiente hospitalar. O programa oferece ainda a oportunidade para os residentes de participar como aluno especial (em momento oportuno), junto ao Programa de Pós-Gradução Stricto Sensu em Odontologia da Universidade Estadual de Ponta Grossa- UEPG, abrindo oportunidade para cursar futuramente o Mestrado e Doutorado em Odontologia.

      O programa oferece ainda ao residente uma intensa interação com graduandos em odontologia da UEPG, no tratamento de casos complexos nas áreas de Estomatologia e Cirurgia Dento-alveolar, bem como, atuando de modo integrado ao programa de Pós-Graduação em Ortodontia, no diagnóstico e plano de tratamento para as deformidades dentofaciais.

      Coordendor: Prof. Dr. Marcelo Carlos Bortoluzzi

    • A residência em Enfermagem na área Obstétrica visa o desenvolvimento de competências que instrumentalize o enfermeiro para a atuação qualificada à mulher no ciclo gravídico-puerperal. O residente será formado e instrumentalizado para atuar na atenção à saúde materna tendo como prática a interdisciplinaridade articulada e mediada pelo SUS. O conhecimento dos procedimentos deverá envolver não somente aspectos científico-tecnológicos avançados, mas também articulação com aspectos sociais, culturais, econômicos e psicológicos da gestante, parturiente e/ou puérpera.

      Objetivos específicos
      1. Especializar os residentes em Enfermagem para atuar na área Obstétrica, desenvolvendo competências técnicas de intervenção relacionadas à assistência, à gerencia, à educação e a pesquisa na área da saúde, afim de atender as metas da integralidade e resolutividade da atenção em saúde;
      2. Qualificar os profissionais enfermeiros nos princípios que norteiam a assistência obstétrica, atualizando e aprofundando os conhecimentos científicos no compromisso como agente da mudança;
      3. Integrar os alunos residentes em obstetrícia com os docentes, tutores, preceptores e profissionais de áreas afins;
      4. Capacitar os residentes em obstetrícia para o trabalho a partir da realidade municipal a partir da identificação dos problemas e busca de soluções junto com as equipes de saúde e a comunidade;
      5. Desenvolver habilidades para a utilização da informação como ferramenta para o conhecimento da realidade, identificando as fontes de informação em saúde, calculando interpretando indicadores de saúde;
      6. Identificar os problemas de saúde e estratificar as gestantes assistidas, utilizando raciocínio clínico e da epidemiologia, solicitando, interpretando exames laboratórios básicos e assegurando resolubilidade integral adequada à atenção em saúde materna;
      7. Aprofundar o conhecimento técnico científico na enfermagem obstétrica na atuação frente ao pré-natal, parto, puerpério, cuidados imediatos e meditos ao recém-nascido e aleitamento materno.
    • Logo do programa de Residência em Epidemiologia e Controle de Infecções

      O Programa de Residência em Epidemiologia e Controle de Infecções do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HURCG) teve início em março de 2020, é inovador como programa original na região dos Campos Gerais. Por ter iniciado em meio ao momento histórico da pandemia da doença causada pelo Coronavírus (COVID-19) foi possível extraordinária oportunidade de atuação com medidas preventivas e de enfrentamento da doença.

      Ao longo do programa os profissionais são capacitados e qualificados para atuação baseada nas noções de saúde ampliada e única, e em evidências epidemiológicas, para estarem aptos a resolver situações clínicas e administrativas que demandem conhecimento epidemiológico e de controle de infecções relacionadas a assistência à saúde.

      A residência contempla a formação de Enfermeiros. A entrada no programa se dá por seleção anual coordenada pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, Direção Acadêmica e Comissão de Residência Multiprofissional do HURCG. Por ano, ingressam 2 profissionais graduados em Enfermagem.

      A formação em serviço tem duração de 24 meses. Neste período, os residentes sob apoio da direção do HURCG e preceptoria de profissionais da área de Epidemiologia, Controle de Infeções e Enfermagem, executam atividades práticas e teórico-práticas em escalas de plantões nas unidades assistenciais do hospital e em outros cenários de práticas como setores de vigilância epidemiológica e unidades básicas de saúde. Além disso, há momentos de atividades teóricas e teórico-práticas sob a supervisão de docentes e profissionais do HURCG ou convidados.

      O HURCG tem parceria firmada com a Terceira Regional de Saúde do Estado do Paraná e a Fundação Municipal de Saúde de Ponta Grossa para o desenvolvimento das atividades desta residência nos departamentos próprios de Vigilância em Saúde, bem como em outros pontos de atenção da rede SUS.

      Coordenadora do Programa e do Eixo Transversal em Epidemiologia: Prof. Dra. Pollyanna Kássia de Oliveira Borges

  • Residências Multiprofissionais

    • Nenhuma informação disponível
    • As ações de promoção, prevenção e assistência à saúde dirigida à gestante e ao recém-nascido (RN) influenciam a condição de saúde dos indivíduos, desde o período neonatal até a vida adulta. A neonatologia é uma especialidade dedicada á assistência ao RN, sendo sua principal meta a redução da mortalidade e morbidade perinatais na procura da sobrevivência do RN nas melhores condições funcionais possíveis. A preocupação com a saúde perinatal tem sido foco primordial nas ações do Ministério da Saúde brasileiro, uma vez que o componente neonatal é um dos grandes desafios na redução da mortalidade infantil.

      Com início em 2017 o Programa de Residência Multiprofissional em Neonatologia tem por propósitocapacitar profissionais no cuidado integral da saúde por meio de articulação das ações de promoção, prevenção e reabilitação, com vista à integralidade da atenção, no contexto dos hospitais universitários, articulados com a rede do SUS, preservando as especificidades dos campos de saberes das diversas profissões e desenvolvendo competências para atuação em equipe multiprofissional, de acordo com os princípios e diretrizes propostos pelo Sistema Único de Saúde Brasileiro.

      Tem a duração de 2 anos, cuja carga horária total é composta por 5.760 horas, sendo 1.152 horas (20%) destinadas às atividades teóricas e 4.608 horas (80%) às atividades práticas, cumpridas em 60 horas semanais em regime de dedicação exclusiva de acordo com as normas estabelecidas pela Lei n° 11.129, de 30 de junho de 2005. Para tanto, o residente recebe bolsa mensal, financiada pelo Ministério da Educação.

      Contempla as profissões da área de saúde: Análises Clínicas, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Odontologia e Serviço Social. As atividades deste programa são desenvolvidas no Hospital (Centro Cirúrgico, UTI, Ambulatórios, Clínicas, Leitos) e unidades de Atenção Primaria da Saúde.

      Coordenadora do Programa e do Eixo Transversal da Neonatologia Profa. Dra. Fabiana Bucholdz Teixeira Alves
      Vice Coordenadora do Programa e do Eixo Transversal da Neonatologia Profa. Me. Débora Melo Mazzo
      Coordenadora do Eixo Transversal da Análises ClínicasProfa. Dra. Mariane de Faria Moss
      Coordenadora do Eixo Transversal da Enfermagem Profa. Me. Luciane A. Cabral
      Coordenadora do Eixo Transversal da Farmácia Profa. Fernanda Malaquias Barboza
      Coordenador do Eixo Transversal da Fisioterapia Profa. Dra. Juliana Carvalho Schleder
      Coordenadora do Eixo Transversal da Odontologia Profa. Dra. Fabiana Bucholdz Teixeira Alves
      Coordenadoras do Eixo Transversal do Serviço Social Profa. Dra. Cleide Lavoratti

    • Com início em 2017 a Residência Multiprofissional em Reabilitação é ampla, pois, além de proporcionar a formação de profissionais qualificados às exigências do SUS (Sistema Único de Saúde), possibilitam a construção coletiva de soluções aos problemas que acometem a população, preenchendo uma lacuna na região dos Campos Gerais.

      As atividades deste programa são desenvolvidas em diversas fases da reabilitação, desde o internamento até a atenção primária em saúde. Contempla as profissões de educação física, fisioterapia, fonoaudiologia e serviço social.

      Dentro dos 2 anos de formação os residentes participam de Programas Multiprofissionais de Reabilitação Cardíaca, Neurológica, Ortopédica, Pulmonar e de Dor Crônica Ambulatoriais, além de outras atividades específicas de cada profissão. Somado a isso, os residentes atuam nos setores de internamento do Hospital Universitário.

      O Programa ainda conta com a parceria de Instituições filantrópicas e municipais como a Associação Pontagrossense de Assistência à Criança Deficiente, Centro de Reabilitação e Equoterapia Horse Life, Centro Municipal de Órtese e Prótese, Hospital Bom Jesus, e Núcleo de Apoio à Saúde da Família.

      Por ano ingressam 8 profissionais sendo, 2 assistentes sociais, 2 fisioterapeutas, 2 fonoaudiólogos e 2 profissionais da educação física.

      Coordenadora do Programa e do Eixo Transversal da Fisioterapia Profa. Dra. Juliana Carvalho Schleder
      Vice Coordenadora do Programa e do Eixo Transversal da Fisioterapia Profa. Me. Débora Melo Mazzo

    • O Programa de Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso do HU-UEPG (PR) foi implantado em 2014 com o intuito de formar profissionais da área de saúde, com competências técnica e científica para atuar em equipes multidisciplinares na perspectiva da interdisciplinaridade, no âmbito do idoso, pautado nos princípios do SUS, com aprimoramento das competências específicas das profissões.

      A Residência Multiprofissional em Saúde do Idoso cumpre o objetivo de capacitar profissionais de saúde para atuação nesta área, a fim de articular o mundo do trabalho e da educação, criando mais um espaço de consolidação de saberes e de práticas, bem como visando responder à Política Nacional de Educação Permanente. A proposta dessa residência abarca a gestão em rede de atenção à saúde, em especial à saúde do idoso, incluindo programas de apoio à população idosa, prática cuidativa e integralidade da atenção primária, secundária e terciária, processo de referência e contrarreferência, conhecimentos da clínica, da cirurgia, da epidemiologia e do controle de infecção relacionada aos serviços de saúde e à unidade de terapia intensiva.

      O programa oferece 14 vagas nas áreas da Enfermagem (6 vagas), Farmácia (2 vagas), Fisioterapia (2 vagas), Odontologia (2 vagas) e Serviço Social (2 vagas), com duração de dois anos, carga horária total de 5.760 horas em regime de tempo integral e dedicação exclusiva.

      As atividades são desenvolvidas nas dependências do HU-UEPG na rede pública de saúde do Município de Ponta Grossa (PR), abrangendo a atenção primária, secundária e terciária nos diferentes momentos de cuidados ao idoso: pré-hospitalar, hospitalar e pós-hospitalar.

      Na atenção primária à saúde, os residentes realizam ações assistenciais e de cuidado no âmbito domiciliar e ambulatorial a idosos vinculados à Estratégia Saúde da Família, com destaque para aqueles que vivem na zona rural. Na atenção secundária, integram o ambulatório de doenças crônicas não transmissíveis ao idoso, o ambulatório de reabilitação, as instituições de longa permanência para idosos. E, no âmbito terciário, atuam nos setores de internamento de clínicas, nas unidades de terapia intensiva e na unidade de pronto atendimento. Em todos esses cenários, busca-se integrar a tríade ensino-pesquisa-extensão no processo de aprendizagem e cuidado integral ao idoso.

    • Tendo início em 2020, o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Mental (RMSM) visa aliar o mundo do trabalho e da educação na especialização de profissionais de Ensino Superior das áreas de Enfermagem, Psicologia e Serviço Social para responderem às necessidades de saúde da população com conhecimentos e práticas aprimoradas no campo da Saúde Mental, nos diversos cenários de prática do Município de Ponta Grossa, Paraná.

      A RMSM proporcionará o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades consistentes e atualizados em Saúde Mental para o exercício da atividade profissional de forma reflexiva, transformadora e ética e contribuirá para a atuação com autonomia e em colaboração com outros profissionais na promoção e manutenção da saúde por meio da integração da assistência de ensino, pesquisa, extensão e gestão, promovendo a participação e o controle social, de acordo com os princípios e diretrizes do SUS.

      A RMSM atua na lógica da Reabilitação Psicossocial que consiste no desenvolvimento de ações articuladas no território nos campos do trabalho/economia solidária, da habitação, da educação, da cultura, da saúde, produzindo novas possibilidades de projetos para a vida, bem como visam o protagonismo dos usuários da Rede de Atenção Psicossocial e de seus familiares.

      Devido à pactuação com a Gestão Local de Saúde, os residentes multiprofissionais em Saúde Mental terão a oportunidade de atuarem na Rede de Atenção Psicossocial do município de Ponta Grossa/PR, além dos campos ofertados pelo Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HURCG-UEPG) e Programa de Extensão UEPG Abraça vinculado à Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) que realiza acolhimento e atendimento psicossocial a comunidade universitária e seus familiares.

      Por ano ingressam 6 profissionais, sendo: 2 enfermeiros (as), 2 psicólogos (as), 2 assistentes sociais.

      Coordenadora: Prof.ª Drª Lara Simone Messias Floriano.

    • Com início em 2018, a Residência Multiprofissional em Urgência e Emergência atende às necessidades de saúde da população dos Campos Gerais e região, através do ensino em serviço baseado em evidências científicas e princípios do Sistema Único de Saúde (SUS). Os residentes formados são nacionalmente reconhecidos como profissionais de pensamento crítico e reflexivo, competência técnica, conhecimento científico, habilidade em trabalhar em equipe, visão humanística e integral do cuidado em saúde.

      As atividades deste Programa contemplam os diversos cenários de prática da rede de Urgência e Emergência, desde o pré-hospitalar até as unidades hospitalares. Para as práticas assistenciais, o Programa conta com instituições parceiras e atua em possíveis campos de estágio como o SAMU, SIATE, Hospital Santa Casa, Pronto Socorro Municipal e unidades do Hospital Universitário da UEPG.

      No âmbito pedagógico, o Programa desenvolve atividades teóricas, práticas, de pesquisa e de extensão. O raciocínio clínico e social é construído através da discussão de caso, simulação de atendimento e ensino em serviço. A habilidade em trabalhar de forma interdisciplinar é desenvolvida nos diversos cenários de ensino e no contato com trabalhadores, preceptores e gestores de diferentes áreas de formação. O programa contempla as profissões da enfermagem (4 vagas), fisioterapia (2 vagas), farmácia (2 vagas), análises clínicas (2 vagas) e serviço social (2 vagas).

      O coordenador do programa é o Prof. Dr. Everson Augusto Krum e a vice-coordenadora é a Profa. Ma. Melina Lopes Lima.

Precisa de mais informações? Entre em contato com a Direção Acadêmica (DAC) através do telefone (42) 3219-8270.